28.2.14

Década de 50 deixa inspiração para nova bateria embalar o carnaval de Guarapuava


O carnaval está aí, porém Guarapuava não é uma cidade que possui uma tradição carnavalesca. Para mudar este cenário, Zaque de Freitas, integrante do Grupo Contemplação, teve a ideia de resgatar as raízes do passado, deixadas por seu pai, conhecido como Tutu, que criou a primeira escola de samba da nossa cidade, a Já te Aliso.
“A ideia surgiu para resgatar todos os valores deixados pelo carnaval de antigamente. Em uma conversa entre os músicos do Grupo Contemplação decidimos relembrar os saudosos carnavais da década de 50. Resgatamos então dois nomes de Escolas de Samba que existiram em nossa cidade e fizemos uma alusão ao passado “Vou ali e volto já” e “Já te aliso”.  Prestando assim, uma homenagem aos grandes carnavalescos de antigamente”, conta Zaque.
A atual bateria deverá ir as ruas com 25 integrantes, que estão ensaiando diariamente no Parque do Lago, a partir das 19 horas. A folia começa hoje, às 18 horas, continua no domingo,e termina só na terça, com exceção do sábado.
“A nossa intenção é que as famílias nos prestigiem, levem as crianças fantasiadas para fazermos uma festa bonita e assim possamos começar um movimento para que Guarapuava tenha carnaval de rua”, finaliza Zaque de Freitas.
A Secretaria de Educação e Cultura, a Prefeitura, Assistência Social, Guaratran, a Policia Militar e a Empresa DALBA e Seven, abraçaram a causa e estão apoiando a ideia de resgatar as velhas e boas raízes.


Texto: Amanda Bastos Maciel


Carnaval no Paraná

O carnaval é a maior festa cultural brasileira. Está inserido tão profundamente em nosso país, que acabou se tornando uma espécie de identidade, assim como o futebol. Apesar de algumas regiões comemorarem mais essa data que outras, o Brasil todo aproveita o feriado alongado e alegria gerada por ela.

No Paraná, o carnaval não é tão tradicional como em outros estados do Brasil, como o Rio de Janeiro e Bahia, por exemplo. Mesmo assim, a data não é esquecida em nosso estado. Cidades do interior também se fazem notar pela festa, é o caso de Tibagi, que já festeja o carnaval há 102 anos e recebe um público de 80 mil pessoas.
As opções de folia são poucas em Guarapuava, mas para esse ano algo diferente foi planejado. O músico Zaque de Freitas organizou uma bateria para desfilar pelas ruas de Guarapuava relembrando os antigos blocos de carnaval. A bateria foi batizada de “Já te Aliso” e contará com cerca de 25 percussionistas, mas qualquer membro da comunidade que estiver a fim de cair na folia pode participar.

Além disso, há também quem se preocupe com a saúde de quem quer comemorar a data. O SAE (Serviço de Assistência Especializada) está promovendo uma campanha de conscientização no carnaval. O objetivo da campanha será alertar as pessoas sobre o risco de DSTs. A campanha batizada de “Folia com Saúde” também contará com um bloco para o desfile no carnaval de rua.

26.2.14

O Oscar


No dia 02 de março, será realizada a 86ª cerimônia de entrega da premiação máxima do cinema: o Oscar. Por conta disso, o Gorpacult vai contar um pouco da história e das curiosidades por trás desse, que é um dos maiores eventos televisivos do mundo.
A primeira edição do Academy Awards ocorreu em 19 de maio de 1929, no Hotel Roosevelt em Holywood, e passou a ser televisionado para os EUA e Canadá somente em 1953. Apenas em 1969 a cerimônia do Oscar começou a ser exibida em âmbito mundial. Hoje em dia, mais de um bilhão de pessoas espalhadas em mais de 200 países assistem a premiação.
Existem muitas teorias de como e por que o Prêmio de Mérito da Academia foi apelidado de Oscar. Uma das mais populares, diz que Margareth Herrick, secretária-executiva da Academia, ao ver o prêmio, exclamou: “Minha nossa! Se parece muito com meu tio Oscar!”. Essa versão foi divulgada por um jornalista que estava presente no local, e depois de sua publicação, o apelido ganhou fama. Tanta fama que hoje o “Academy Awards” é reconhecido popularmente por Oscar.
Atualmente, existem 25 diferentes prêmios, que consagram desde a parte mais técnica do filme até sua estética aos olhos. Os principais prêmios são os de Melhor Filme; Melhor Direção; Melhor Ator e Atriz; Melhor Ator e Atriz Coadjuvantes; Melhor Roteiro Original e Melhor Roteiro Adaptado. O Oscar também premia os melhores filmes em língua-estrangeira e melhor animação.

A pessoa que mais recebeu indicações ao Oscar é Walt Disney, foram 59, das quais ele ganhou 22 vezes. São 14 indicações a mais do que o segundo colocado, Alfred Newman.
Katharine Hepburn é quem mais faturou o prêmio entre os atores: quatro vezes. Outros cinco atores ganharam a estatueta por três vezes, mas somente Daniel Day-Lewis ganhou as três por um papel principal.
Até então, apenas quatro filmes foram indicados a 10 categorias diferentes: Ben-Hur (1960), recebeu 12 indicações; Amor, Sublime Amor (1962), recebeu 10 indicações; Titanic (1998), recebeu 14 indicações e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2004), recebeu 11 indicações. O último, dirigido por Peter Jackson, foi o único a faturar todos os 11 prêmios.
O Brasil já concorreu à estatueta por 11 vezes, mas nunca ganhou nenhum prêmio. Central do Brasil (1999), que teve indicações a Melhor Filme em Língua-estrangeira e Melhor Atriz, pela ótima atuação de Fernanda Montenegro, é tido como um dos filmes mais injustiçados pela Academia, pois para muitos, merecia ter ganho os dois prêmios. Outro que entra nesse mérito é Cidade de Deus (2005), indicado a Melhor Direção, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia e Melhor Montagem.
Nessa edição, nove filmes foram indicados a categoria de Melhor Filme (até 2013, somente cinco longas eram indicados). São eles: Trapaça; Capitão Phillips; Nebraska; Philomena; O Lobo de Wall Street; 12 Anos de Escravidão; Gravidade; Ela e Clube de Compras Dallas.

Fontes:
http://ultimosegundo.ig.com.br/oscar/
http://www.eudesign.com/oscars/osc-curi.htm
http://g1.globo.com/pop-arte/oscar/2014/noticia/2014/02/com-sindicatos-divididos-oscar-e-um-dos-mais-disputados-em-10-anos.html

17.2.14

A Fosferia



Sabemos que Guarapuava é um berço de talentos, possui bons músicos, dançarinos, atores e, sem esquecer, os mais variados artistas. Entre eles está a estudante de Publicidade e Propagando, Andressa Nizer.
Como todo estudante de Publicidade, Andressa é muito criativa, sendo assim, juntou o talento artístico com a dedicação e vontade de inventar. Dando vez para sua imaginação, criou a Fosferia, inspirada em uma ideia, vista pela jovem, na cidade de Curitiba. “Vi as caixinhas sendo feitas em Curitiba, aí pensei: porque não fazer e vender em Guarapuava também? Então, fiz algumas e postei no facebook e a galera começou a se interessar”.
As caixinhas de fósforo são customizadas com diversos desenhos de bandas,  seriados, filmes, estrelas de tv, enfim, quaisquer encomenda que chegue até Andressa, a futura publicitária dá conta do recado e deixa os clientes satisfeitos.
As pequenas obras da estudante, já ultrapassaram a fronteira guarapuavana, foram oferecidas para serem sorteadas no Rock’n Roll Night, um evento que acontece em Francisco Beltrão. A invenção foi disputada e elogiada, “Eu via a galera compartilhando e comentando que acharam a ideia muito massa, e isso foi muito legal pra mim”. 
A ideia é simples, mas já rendeu uma grande popularidade, pois quem não precisa de fósforo no seu dia-a-dia? E mais, o imã atrás da caixa, torna-a um elemento decorativo, serve, até mesmo, para presente. 
Pequenas coisas, tornadas originais, podem se destacar. Foi isso que aconteceu com a Forferia, que, segundo Andressa não irá parar por aqui, “Tenho grandes planos para a Fosferia, já que sonhar grande ou pequeno dá o mesmo trabalho e, quem sabe, ainda, poderei viver de caixinhas de fósforo”.








Para aqueles que se interessaram e ainda não conhecem as caixinhas, segue o link da página no facebook: https://www.facebook.com/fosferia?fref=ts


Texto: Amanda Bastos Maciel



14.2.14

Países na Copa - Argentina

Mais um capítulo sobre a série do Gorpacult, Países na Copa, que vem abordando a cultura dos 32 países que irão participar da Copa do Mundo aqui no Brasil. Dessa vez, o país escolhido foi nossa vizinha irmã, Argentina.
País sempre muito lembrado pelo seu tango, vinho e o futebol, a Argentina possui muitas outras atrações culturais, tanto construídas pelo seu povo, como suas belezas naturais. Outras expressões artísticas como o teatro, a pintura, a escultura, a música e a literatura, também representam o país.
A Argentina é o segundo maior país da América do Sul em território e o terceiro em população, constituída como uma federação de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires. É o oitavo maior país do mundo em área territorial e o maior entre as nações de língua espanhola.
Buenos Aires é uma das grandes capitais do teatro. O Teatro Colón é um ponto de referência nacional para os espetáculos de ópera e música clássica. Construído em finais do século XIX, a sua acústica é considerada a melhor do mundo. Na literatura, a Argentina destaca-se pela qualidade dos seus escritores, que, em muitos casos, se posicionaram como referências da literatura latino-americana. É o exemplo de Jorge Luis Borges, talvez o escritor mais reconhecido da América Latina. 
No país existem dois gêneros musicais típicos, como representantes de duas regiões diferentes: o tango, mais representativo de Buenos Aires que do resto do país, é o símbolo musical dos argentinos no exterior. E o folclore, que é mais representativo do interior do país e tem como principais expoentes Mercedes Sosa, Horacio Guarany, Los Nocheros, entre outros.
O esporte mais popular na Argentina é sem dúvidas o futebol, ele é quem desperta as maiores paixões e torcidas. Seus dois principais jogadores, Diego Armando Maradona, e Lionel Messi, são ídolos eternos em seu país. Muito popular também por sua eterna rivalidade com o Brasil, tanto seus clubes, como suas respectivas seleções, considera por muitos como a maior rivalidade do mundo.
A seleção argentina é uma das mais bem sucedidas, vencedora da Copa do Mundo de 1978 e da Copa do Mundo de 1986, 14 títulos da Copa América, Copa das Confederações de 1992, entre muitos outros títulos, promete agora, na Copa do Brasil, acirrar ainda mais sua rivalidade, e estragar os planos da seleção brasileira. 

Por: Diana Pretto



5.2.14

Países na Copa - Uruguai

            Continuando a série especial do Gorpacult que apresenta um pouco da cultura dos 32 países que disputarão a Copa do Mundo da FIFA em junho, o foco de hoje é o Uruguai.

            Recentemente, o Uruguai destacou-se na mídia raças a personalidade nada convencional - para um político, de seu presidente, Pepe Mujica. Suas atitudes e consciência política impressionaram todo o mundo, alguns deputados uruguaios e uma ONG holandesa indicaram-no ao Nobel da Paz.
            Além de seu presidente, outro ponto levou o Uruguai a ser destaque mundial: a liberação do consumo da maconha. Com isso, o país se tranformou no primeiro do mundo a ter um mercado legal da erva. É claro, com restrições quanto à venda e cultivo.
            Seu território fez parte do Império do Brasil até 1828, como a província de Cisplatina. Depois da independência, uma guerra civil começou na República Oriental do Uruguai, por 13 anos os Blancos efrentaram os Colorados. Hoje em dia, o Uruguai é um país democrático e é considerado exemplo em medidas relacionadas com direito civil e democratização da sociedade.
           É o segundo menor país da América do Sul, com apenas 176.214km² de extenção. A maior cidade do Uruguai é a capital Montevidéu, a cidade tem a maior qualidade de vida entre as latino-americanas e está entre as 30 mais seguras do mundo. A capital uruguaia concentra quase metade da população do país, mais de um milhão e trezentas mil pessoas vivem lá, sendo que em todo o país são quase 3,5 milhões.

            O idioma oficial do país é o espanhol uruguaio, que sofreu modificações do original devido ao grande número de imigrantes italianos. O inglês é bastante usado no mundo dos negócios e seu estudo vem aumentando bastante nos últimos anos, outra língua bastante falada é o português, ou o portunhol. O Uruguai é um dos poucos países não lusófonos que tem a língua portuguesa como matéria obrigatória na grade escolar.
            O catolicismo é a religião com mais adeptos no país. O Uruguai não possui religião oficial, portanto igreja e estado são separados. O atual presidente Pepe Mujica já declarou ser ateu, ele está acompanhado por mais 17% da população uruguaia, o país possui o maior índice de ateísmo da América do Sul.
            Já no futebol, o Uruguai sempre foi destaque. Após anos sem conquistar títulos, a nova geração uruguaia tem dado alegrias ao seu povo. A seleção uruguaia possui duas copas do mundo. Em 1930, primeira edição do torneio, os uruguaios se sagraram campeões e repetiram o feito em 1950, contra o Brasil em pleno Maracanã.

            A Seleção Uruguaia vem para a Copa no Brasil como um adversário forte e que pode surpreender. Foi cabeça-de-chave no sorteio e caiu no grupo C, que tem Costa Rica, Inglaterra e Itália. Todas as fichas dos torcedores uruguaios estão depositadas na dupla de ataque, formada por Edinson Cavani e Luisito Suárez.

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |