30.5.14

Guarapuava receberá o acordeonista Marcelo Cigano.

Acontecerá no dia 03 de junho, às 20h no SESC Guarapuava, a apresentação do músico acordeonista Marcelo Cigano, que começou a tocar aos 8 anos de idade por influência de seu pai, também acordeonista.  
Com versatilidade e virtuosismo, Marcelo Cigano transita entre diversos gêneros musicais, desde o samba, o choro, o forró e a bossa ao tango e jazz. No final de 2013, lançou seu primeiro CD, intitulado “Influência do Jazz".
  Autodidata, destaca-se como um dos principais acordeonistas em atividade, obtendo primeiro lugar em apresentações e concursos. Como em 2008 no “Segundo Concurso Internacional de Acordeon” promovido pela Associação brasileira dos Acordeonistas do Brasil e a empresa de acordeons SCANDALLI, e em 2010 no “Festival ROLAND de Acordeon”, no qual ganhou o direito de representar o Brasil na final mundial do 5º Festival ROLAND em Roma.
  Atualmente, Marcelo prepara o repertório de seu segundo disco, com previsão de gravação para o final de 2014. Dentre as músicas, incluem “Pra nós 2” de Hermeto Pascoal e “El Cigano” de LudovicBeier. Ambas foram compostas em homenagem a Marcelo Cigano.  
A entrada é franca para todos os públicos, bastando apenas retirar o seu convite no próprio SESC Guarapuava. 

Por: Diana Pretto




   

21.5.14

Festival LADO B


No próximo final de semana, entre os dias 23 e 25 de maio, acontecerá no bairro Santa Cruz o Festival Lado B, que tem como objetivo promover as expressões artísticas desenvolvidas no bairro.
Entre os coletivos culturais presentes na realização do evento, estará o Tudoerrado, o qual já realiza intervenções artísticas na cidade há algum tempo, e também, o recém-nascido ParaRaio, criado pelos acadêmicos de Comunicação da Faculdade Campo Real.
Entre as bandas a se apresentar no festival estão: Adoc, Disaster Boots, KaioMiotti, Bup&Roxetin, Disco Voador, Lukewarm, Vinicius Maranhão e Maquinária, também presentes na cena estão artistas plásticos que participarão de exposições, sendo elas de colagens, pinturas e fotografias.

A ideia do festival nasceu da necessidade de divulgar os talentos presentes no bairro Santa Cruz, o que antes se limitava a apresentações em reuniões entre amigos, hoje se tornou um movimento que não para de crescer.  A comissão organizadora conta com alunos de diferentes cursos da Unicentro e Faculdade Campo Real. 


Por: Diana Pretto 

11.5.14

Dia das mães

Hoje é dia das mães e o Gorpa resolveu unir as conversas de mães e filhos na internet. Confira o divertido resultado.  

"minha mãe e sua confusão com os assuntos haha te amo demais, mãe ". Jackson Jorvan

Com ou sem "skaipe" a mãe do João demonstrou  o carinho pelo filho. 



"minha mãe fala inglês". A mãe do André Justus mostrou que domina tanto o inglês como o Português

Dona Marli, mãe da Amanda Gollo mostrando que chuva não combina com solidão heheh 

Andressa Nizer deixando a mãe chateada por não conseguir mandar
emoticons tão legais quanto os dela


Dona Antonia, mãe da Any Ossak  mostrando a triste realidade de um universitário hehe



Amanda Bastos Maciel


10.5.14

Para Sempre

Em homenagem a todas as mamães, o Gorpa traz esse lindo poema do nosso saudoso Drummond:

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


















Por: Diana Pretto

8.5.14

Países na Copa: Honduras

Honduras, um dos quatro representantes da CONCACAF na Copa do Mundo é a escolhida da vez na série especial do Gorpacult sobre os países da copa.
                Honduras é um pequeno país situado na América Central. A palavra “Honduras” tem origem espanhola e significa “profundezas”, foi batizada assim devido a profundidade de seus litorais. Seu território foi moradia do povo Maia por muito tempo, até a chegada dos europeus e a colonização espanhola. A independência só veio em 1821, antes o país fazia parte do Reino da Guatemala que era comandado pelos espanhóis.
                Apesar de pequeno, o território hondurenho é muito acidentado, como é característica da América Central. O país é repleto de montanhas, planaltos, vales e planícies, além de ter vários rios navegáveis. Tudo isso ajuda a formar sua enorme biodiversidade, estima-se que mais de 70 mil espécies, entre plantas e animais, vivem em suas terras. Mesmo sendo o país mais montanhoso da América Central, é o único a não possuir nenhum vulcão.
                8,2 milhões de pessoas vivem em Honduras, fazendo do país, o quinto mais populoso da América Central. O país já teve três capitais: Trujillo, Comayagua e a atual, Tegucigalpa. A capital hondurenha é a maior e mais populosa cidade do país.
                Honduras é o terceiro país mais pobre da região do Caribe, e tem um IDH de 0,632. Uma das cidades mais violentas do mundo está no país, San Pedro Sula tem um índice negativo de 187,14 assassinatos por 100 mil habitantes. Deixando de lado o Vaticano, Honduras é o país mais católico do mundo proporcionalmente. 97% da população hondurenha é adepta ao catolicismo.
               
A principal fonte de renda de Honduras é a agricultura, e logo depois vem o turismo. O país caribenho é repleto de ruínas Maias. As mais importantes e mais bem conservadas estão em Copán, no oeste do país.
                O esporte mais popular é o futebol, e vem crescendo ainda mais com a boa fase da Seleção. Pela primeira vez, Honduras conseguiu se classificar consecutivamente a uma Copa do Mundo. Essa será a terceira participação do país em Copas, a primeira foi em 1982 e a segunda em 2010.

                No Grupo E, Honduras terá pela frente a Suíça, Equador e França. Para não dar um vexame na competição, o país conta com a experiência do meia Wilson Palacios, do Stoke City da Inglaterra e do artilheiro Jerry Bergston, que atua pelo New England Revolution, dos Estados Unidos.

5.5.14

Grêmio Esportivo do Oeste

Um trabalho realizado pelos alunos de Jornalismo da UNICENTRO, Amanda Bastos Maciel, Amanda Gollo, Amanda Pieta, André Justus, Diana Pretto e Luisa Urbano, que conta um pouco mais sobre a história do clube de futebol Grêmio Esportivo do Oeste, time guarapuavano que obteve grande sucesso entre as décadas de 60 e 70, e acabou ficando para sempre na memória e no coração de Guarapuava. 

Acesse aqui o Foto Livro

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |