23.1.17

Blurryface (2016) - Twenty One Pilots: Não era pra vender mas vendeu


     Lançado em maio de 2015 o álbum Blurryface da banda Twenty One Pilots tem gerado discussões sobre o que, ou quem seria esse “cara embaçada”. Blurryface é o personagem que mostra um lado negro do vocalista do TOP, Tyler Joseph. Esse lado representa as inseguranças, medos e más atitudes que cometemos, e que no caso, são representadas no vocalista.
Para deixar o personagem com mais vida, em todas as apresentações da banda, Tyler usa uma tinta preta em seu pescoço e em suas mãos, representando o sufocamento causado pela pressão da vida adulta e das responsabilidades. A tinta nas mãos mostra que esse lado oculto é solto através de nossas atitudes, ou que fazemos isso com as próprias mãos.
     A banda não é caracterizada dentro de um gênero musical embora alguns os classifiquem como pop esquizofrênico. Para o álbum blurryface, a banda traz discussões sobre a depressão pós modernidade e modernidade líquida. Em uma entrevista para a Columbus Alive no inicio de 2016 Tyler disse que o propósito da banda é “fazer as pessoas pensarem”, ajudá-las a encontrar a verdadeira felicidade e se desprender das coisas fúteis que o mundo prega. Além disso, o vocalista destacou que são esses os objetivos da banda e por isso suas musicas não foram feitas para estourarem nas rádios ou venderem muito.
     O Twenty One Pilots é uma banda americana formada em 2009. Atualmente composta por Tyler Joseph que atua como vocal, e toca piano, teclado e ukelele. Enquanto seu parceiro Josh Dun cuida da parte de percussão e vocal de apoio da banda. A banda lançou dois álbuns independentes, o primeiro foi um álbum homônimo da banda lançado em 2009 e o segundo denominado Regional at Best em 2011. Em 2012 a banda assinou com a gravadora Fueled by Ramen, no mesmo ano já lançaram o álbum Vessel, mas somente em 2014 a banda começou a ganhar popularidade e espaço no mainstream participando de eventos como o Lollapalooza. Blurryface chegou para alavancar o sucesso da banda. A primeira apresentação do álbum foi encerrando o MTV Video Music Awards 2015 com três músicas do álbum.
     A primeira faixa de Blurryface é “Heavydirtysoul” que mostra a consciência de Tyler sobre a parte suja presente em sua alma, e ao mesmo tempo um pedido de ajuda para salva-lo. A letra da música também critica o rumo da sociedade, colocando-os como zumbis, que precisam acordar. Também mostra uma conexão com os primeiros fãs da banda que os acompanhavam pelas músicas que a a banda fazia e não por seu sucesso.
     Stressed Out foi o é a primeira faixa a ter um vídeo clipe. A faixa que ocupou o primeiro lugar no Hot 200 da Billboard. A letra da musica e também o seu videoclipe mostram as coisas comuns que crianças e jovens dos estados unidos estão acostumados a fazer no seu cotidiano, comparando essa doce infância com o sufocamento da dura realidade dos dias atuais, que os obriga a trabalhar para ganhar dinheiro, como se pode perceber no trecho da letra que no clipe é dublada pelos familiares de Tyler e Josh “But now they're laughing at our face, Saying: wake up, you need to make money”.
É notável durante o clipe a reprodução do modelo de família americana, composta por pai, mãe, filhos e filhas, onde os filhos formam bandas ensaiam no porão de casa, e possuem irmãos mais velhos desconectados com o mundo e presos a fones de ouvido, enquanto as filhas seguem o modelo das mães, e seguem o caminho correto. O clipe de Stressed Out foi lançado no dia 27 de abril de 2015 e foi produzido por Mark Eshleman que produz a maioria dos clipes da banda. Nessa faixa percebemos também a voz direta de Blurryface se apresentando e fazendo a intenção principal da música que é a comparação da infância com a vida adulta. Segundo declarações dos artistas através de suas redes sociais o clipe foi gravado nas casas onde os integrantes da banda cresceram e inclusive as famílias dos artistas fazem parte do clipe, justamente para mostrar que essas situações acontecem com todos os jovens americanos, inclusive com eles.Tanto o clipe como a letra de Stressed Out mostram essa pressão de responsabilidades colocadas em jovens e adultos. Evidenciando uma geração que cresce num mundo cheio de preocupações.
     Ride traz para o álbum uma sonoridade diferente, fugindo do rock e trazendo o reggae à tona. A letra fala sobre morrer no lugar de outra pessoa, questionando por quem você faria isso.
Blurryface fala novamente de maneira direta na quarta faixa do álbum, Fairly Local deixando Tyler confuso sobre quem ele realmente é, ou o que quer. Além disso, nessa faixa percebemos a intenção inicial da banda, destacada por Tyler na Entrevista para a Columbus Alive, de não fazer músicas para venda e sim para que as pessoas pensem, explicita no trecho “Yo, this song will never be on the radio”.
     Tear in my heart apesar de não ser uma música leve e lenta é talvez a mais romântica do álbum. A letra e o clipe se completam, a letra mostra como vencer esse Blurryface presente no coração de Tyler e o clipe traz a esposa do vocalista como solução, mostrando que ela tem rasgado seu coração e retirado o cara embaçada.
     Lany Boy é a musica favorita de Tyler nesse álbum. A letra fala sobre o próprio álbum, e as músicas que foram feitas, colocando defeitos, dúvidas e as pressões da indústria musical. A sétima faixa, The Judge fala sobre uma necessidade de libertação, uma busca por rendição.
     Doubt mostra as inseguranças e principalmente os medos de Tyler medo de não saber quem é e medo de não ser bom o suficiente sem a ajuda de alguém. Medo de não responder todas as duvidas da vida.
     Polarize assim como The Judge é um pedido de ajuda, dessa vez a letra fala sobre os problemas que temos e precisamos esconder, ou polarizar. A penúltima faixa We don’t believe whats on TV é a mais leve no sentido da letra, que possui um tom cômico, e despreocupado com a música. A última faixa Message Man vem para criticar a sociedade que idealiza um modo de vida do vocalista, mas não conhece de verdade quem ele é.
     A banda faz músicas para as pessoas pensarem, criticando as atitudes da sociedade que se machuca e se sufoca numa busca excessiva por fazer dinheiro e comprar uma suposta felicidade. Blurryface veio para consagrar uma banda que desde seu primeiro álbum tem como principal objetivo ajudar as pessoas a terem um choque de realidade e a refletir sobre as próprias atitudes.

Karina Louise

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |